Segunda-feira
27 de Janeiro de 2020 - 
TRADIÇÃO DESDE 1987.
ADVOCACIA CÍVEL, TRABALHISTA, CONSUMIDOR E CRIMINAL
CONSULTE-NOS SEM QUALQUER COMPROMISSO
ADVOCACIA CONSULTIVA E CONTENCIOSA

Projeto ‘Quem Canta Seus Males Espanta’ encerra 6ª edição

Sarau marcou ensaio final deste ano.           A Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do Tribunal de Justiça de São Paulo, por meio da Diretoria de Assistência e Promoção de Saúde, promoveu o encerramento, nesta sexta-feira (6), da 6ª edição do “Quem Canta Seus Males Espanta – conhecendo, desvendando e soltando a voz para uma vida melhor”.  O programa, que tem como objetivo promover o bem-estar dos funcionários por meio do canto e da música, contou, nesta edição, com 35 servidores de fóruns da Capital que se encontraram em aulas semanais, sempre às sextas-feiras, durante seis meses, no Museu do TJSP, localizado no Palacete Conde de Sarzedas (Rua Conde de Sarzedas, 100 – Centro).         A aula foi conduzida pela gestora educacional do projeto, Silvana Neres, e teve a participação do violonista Aldo Scaglione. “A gente vem aqui para disseminar a arte do bem. Quem busca esse tipo de projeto vem porque está muito a fim e porque vê na arte um valor importante. Quero que todos façam uma reflexão sobre o que passamos durante os nossos encontros e também aproveito para agradecer a gestão atual do TJSP, que apoiou a causa, e a vocês, que abraçaram a ideia”, afirmou Silvana Neres.         Um a um, os alunos iam ao palco falar da experiência inpidual em fazer parte do grupo e, em seguida, apresentavam um número artístico aos colegas. O escrevente Sergio Fernando Nunes Junior, antes de cantar “Hey Jude”, dos Beatles, contou que migrou recentemente da Engenharia para o Direito e o programa musical o ajudou nessa mudança. “Saí de uma área mais técnica, exata e calculada, num ambiente em que não havia muita interação entre os funcionários. Com a mudança na carreira, também tive que adequar meus hábitos. O projeto me ajudou na transição da minha rotina, que agora inclui um convívio mais próximo a outras pessoas”, disse. Ao final, o grupo formou um círculo e entoou a canção “Sapo”, da OssoBanda, encerrando a sexta edição.           Quem Canta Seus Males Espanta         Cerca de 160 servidores já passaram pelo programa, que teve início no 2º semestre de 2016. Para participar, não é preciso ter conhecimento musical ou vocal. O escopo da atividade  é trabalhar a voz dos participantes com exercícios vocais e interpretação de canções, promovendo aumento da autoestima e  autoconfiança, desenvolvimento das relações interpessoais e do trabalho em equipe, assertividade na comunicação oral e bem-estar físico e psíquico, bem como diminuição do estresse.                    imprensatj@tjsp.jus.br
08/12/2019 (00:00)
Visitas no site:  51103
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.